Ligia Borba – A Fuga – Cerâmicas

A Fuga, Ligia Borba, cerâmica em alta temperatura.

O conto visual “A Fuga” foi concebido a partir de duas fotos publicadas no livro “A Fuga do Paraíso” do escritor Pável Bassínski, uma reconstrução da vida de Lev Tolstói pela perspectiva de seus últimos dez dias, quando foge de casa aos 82 anos.

Dois relevos em formato oval são interpretações de dois momentos da vida do casal e reproduzidos em variadas abordagens de técnicas cerâmicas, num total de doze.

Numa das fotos, tomada por sua esposa dois anos antes da morte do escritor, ele está de pé e de costas. Na outra, a esposa também de costas, acompanha os últimos momentos de vida de seu marido, olhando por uma janela, de fora para dentro.

Os doze objetos são dispostos linear e alternadamente como se a tragédia contada ficasse repetidamente fazendo o percurso entre aqueles dois momentos.

Fotos: Gilson Camargo

Durante a exposição "Decantação e Desastres", no Museu Oscar Niemeyer. Curitiba/PR, 2018.

Durante a exposição “Decantação e Desastres”, Museu Oscar Niemeyer. Curitiba/PR, 2018.

Em 20 de março de 2018 por Gilson Camargo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *