Grupo Rocha 151 anos – Castelo do Batel, Curitiba/PR

Documentação fotográfica da festa de 151 anos do Grupo Rocha, no Castelo do Batel, em Curitiba/PR, em 26/06/2015.

RochaLog 151 anos - Castelo Batel - Curitiba/PR - 26/06/2015

20:30 – Início da festa

RochaLog 151 anos - Castelo Batel - Curitiba/PR - 26/06/2015Inicia Banda Voice Box.

Inicia serviço de bebidas.

Inicia serviço de jantar.

21:15 – Inicia-se o cerimonial 

RochaLog 151 anos - Castelo Batel - Curitiba/PR - 26/06/2015

Mestre de cerimônias: Senhoras e senhores, sejam muito bem vindos à esta noite especial! Em nome da Rocha Log gostaria de agradecer e registrar as seguintes presenças: do governador do Estado do Paraná, Beto Richa; do representante dos acionistas e da diretoria da Rocha Log, Helio Freire; do diretor da Agência Nacional de Transportes Aquaviários, Adalberto Tokarski; do prefeito da cidade de Paranaguá, Edison de Oliveira Kersten; do diretor presidente do Porto de Paranaguá, Luiz Henrique Tessutti Dividino; do presidente da Câmara de Vereadores de Paranaguá, Jozias de Oliveira Ramos; dos representantes da família Munhoz da Rocha; das demais autoridades, e convidados.

Esta noite de tanto significado para nós do GRUPO ROCHA pode ser expressada por duas palavras tão simples quanto significativas: agradecimento e alegria.

No momento em que comemoramos 151 anos de existência, queremos agradecer a todos que trilharam este caminho conosco, nos bons e nos maus momentos, na prosperidade e na dificuldade, e também na memória daqueles que, ao longo deste século e meio de atividades, de forma direta ou indireta, contribuíram para que este dia chegasse.

Estes anos todos de existência do nosso grupo nos deram a convicção de que uma empresa que se pretende sólida e moderna precisa ter duas condições: eficiente quadro de colaboradores e a confiança dos seus clientes.

Neste lapso de tempo, nossa empresa pode ser representada por três fases na sua direção: os fundadores, os sucessores e a nova geração.

OS FUNDADORES – A FAMÍLIA MUNHOZ DA ROCHA

Membro de uma das mais tradicionais famílias do nosso Estado, Bento Munhoz da Rocha fundou, no distante ano de 1864, a firma comercial MUNHOZ DA ROCHA & IRMÃOS para desenvolver, pelo porto de Paranaguá, a exportação principalmente de madeiras e erva-mate, base da cadeia produtiva comercial paranaense de então.

Com atuação favorável e desenvolvimento assegurado, influenciou seus irmãos a ingressarem como sócios da organização e os levou a Paranaguá, compondo o seu quadro de dirigentes, dedicados principalmente ao agenciamento marítimo. Tudo isto nos idos de 1905.

Em 1922, no ambiente de tranquilidade em que vivia a pacata cidade de Paranaguá, a empresa dos irmãos Munhoz da Rocha sofreu nova solução de continuidade, com a volta deles para Curitiba, a fim de cuidar de questões do Estado e consequente comercialização da empresa.

OS SUCESSORES – FAMÍLIA COMINESE

Sucedeu-se, então, alteração no quadro societário da empresa e dele decorrendo a troca da sua denominação social, de MUNHOZ DA ROCHA & IRMÃOS para ROCHA & CIA., agora sob o comando exclusivo de Francisco Raimundo Cominese, que adquiriu a empresa após anos de trabalho junto aos Munhoz da Rocha, onde se destacou como leal e eficiente colaborador.

O rápido avanço dos negócios levou a ROCHA & CIA a revolucionar o ramo de prestação de serviços no porto, movimentando os mais variados produtos em seus pátios e armazéns, tais como madeira, gasolina em tambores e outros.

Tal foi o sucesso dessas inovações operacionais, que a ROCHA & CIA e os Cominese passaram a investir em outros ramos de atividade na cidade, como a implantação de cinemas e postos de gasolina, aquisições e locações imobiliárias, empresa de navegação própria, fábrica de caixas, concessionária da marca Ford. Isto tudo redundou na implantação de filiais na capital do Estado, Londrina, São Paulo e Rio de Janeiro.

Francisco Raimundo Cominese retira-se, sob o peso dos anos, da ROCHA & CIA., e João Eugenio Cominese, conhecido pelos parnanguaras como ¨Seo NIM¨, passa a cuidar das atividades no porto de Paranaguá e seu irmão Alberto, a dirigir os negócios da empresa em Curitiba.

Em 1955, ¨Seo NIM¨ trouxe para a empresa o seu filho, Manfredo Rodrigo Cominese. Época de total transformação econômica, causada pela movimentação de café, que, em 1959, registrou uma colheita recorde no Parana de 22 milhões de sacas, transformando o porto de Paranaguá no maior exportador de café do mundo.

Manfredo, aos 23 anos, entregou-se decididamente ao trabalho de atualização da ROCHA & CIA., assumindo o dia a dia da empresa e liberando o seu pai, Nim Cominese, para contatos com as várias representações ligadas à ROCHA & CIA no Brasil e no exterior.

Em 1959, houve o retorno da matriz para Paranaguá, com a criação da filial de Curitiba, visto que a concessão da Ford fora negociada com o grupo Slaviero. As filiais de Londrina e São Paulo foram extintas e Alberto Cominese retirou-se da sociedade.

Em 1966, Manfredo e “NIM COMINESE” efetuavam uma nova mudança na razão social da firma, que, de ROCHA & CIA., passou a chamar-se ROCHA S.A. INDÚSTRIA, COMÉRCIO e NAVEGAÇÃO, fazendo dos funcionários mais antigos, sócios da organização.

Nessa mesma ocasião, ocorria a primeira abertura para aquilo que viria a se constituir no grupo ROCHA, com o surgimento de ROCHA S.A. DE ARMAZÉNS GERAIS/ CIA. SÃO LUIZ DE ARMAZÉNS GERAIS/ CIA. AGRICULTORES DE ARMAZÉNS GERAIS e CIA. COMERCIAL DE ARMAZÉNS GERAIS, totalizando mais de 110.000 mil metros de área coberta, da qual faziam parte, ainda, a CIA. MELHORAMENTOS DE PARANAGUÁ, a indústria de aglomerados PLACAS DO PARANÁ, OPERADORA DE GRANÉIS GRANSOL, REFLORESTADORA AGROFLORA, a corretora de seguros CORASEG, e, por último, a AGÊNCIA VALENTE DE NAVIOS E CARGA. A empresa tinha, então, sua matriz em Paranaguá e filiais em Antonina, São Francisco do Sul, Itajaí, Mirassol e Rio de Janeiro.

No final dos anos 70, surgiram as participações acionárias nas empresas VOLVO DO BRASIL e FLUMAR TRANSPORTES MARÍTIMOS E FLUVIAIS S.A.

Nossa empresa foi pioneira em todas as iniciativas de ordem comunitária e social em Paranaguá, como a construção de cinemas, postos de gasolina e prédios residenciais e, o mais importante, concedendo aos seus servidores o benefício do financiamento da casa própria, antes da existência do sistema financeiro habitacional; concedendo também o salário de Natal, antes do advento do 13° salário governamental; e assistência médica, antes do surgimento do atendimento médico centralizado, hoje INSS e dos planos de saúde.

A NOVA GERAÇÃO DA FAMÍLIA COMINESE FREIRE

A partir de 1982, os irmãos Hélio e João Gilberto Cominese Freire iniciam os trabalhos dentro da empresa e assumem a direção do GRUPO ROCHA com o falecimento de Manfredo Cominese.

Não era fácil o desafio de manter acesa a chama da continuidade da empresa, tendo que substituir tão importantes empreendedores. Novos e difíceis tempos se apresentaram, fazendo com que nosso fundo de negócio, naquele momento ligado à movimentação de cargas secas e contêineres, por razões de mercado, tivesse que ser reinventado, passando assim a operar no ramo da descarga de graneis sólidos e de fertilizantes.

Vieram então, a partir de 2002, a compra dos primeiros guindastes de grande porte, a construção de armazéns especializados, da nova sede da empresa em Paranaguá, a obtenção da concessão do Porto Seco em São Francisco do Sul e a abertura das filiais em Itajaí e Guarujá.

Em 2010, inicia-se um novo período de expansão do GRUPO ROCHA , começando com a entrada do fundo de investimentos ANGRA INFRA na participação acionária da ROCHA TERMINAIS PORTUÁRIOS E LOGÍSTICA S.A.

Na sequência, de forma honrosa, as associações no capital social da CATTALINNI TERMINAIS MARÍTIMOS S.A. de Paranaguá e da VANZIN OPERAÇÕES PORTUÁRIAS S.A. do porto de Rio Grande. E mais recentemente, com a participação acionária do BNDESPAR no capital social da ROCHA, operação que demonstra a confiança do mercado no grupo e que reforça a estrutura de capital, permitindo à empresa viabilizar a execução de seu plano de negócios, com investimentos nos segmentos de graneis sólidos de exportação e importação, fortalecendo a atuação da companhia na região sul do país, e sua expansão geográfica em direção ao Norte do Brasil.

Finalizando, queremos falar da nossa alegria em ajudar a construir e pertencer a uma empresa genuinamente paranaense, reconhecida nacional e internacionalmente, num setor altamente competitivo.

Esta trajetória nos permite, de forma humilde, mas segura, falar do sucesso do grupo, sabendo que ele é uma obra de muitos, consequência de trabalho coletivo e do espírito de equipe.

É essa filosofia e esse espírito que tem feito do GRUPO ROCHA o que ele é hoje, ou seja, um conjunto de empresas dedicadas a construir relações maduras e duradouras com seus clientes e parceiros, sempre baseadas na confiança, no respeito pelo ser humano e pelo meio ambiente.

Vamos assistir agora um pouco desta trajetória.

Mestre de cerimônias: Vamos agora aos pronunciamentos desta noite:


O prefeito de Paranaguá, Edison de Oliveira Kersten.

O diretor da Agência Nacional de Transportes  Aquaviários, Adalberto Tokarski.

Mestre de cerimônias: Uma pequena pausa para uma homenagem a mulheres que fazem parte desta história e são muito importantes para nós da Rocha Log. Para homenageá-las convido para vir ao palco Helio Freire. Venham ao palco receber sua homenagem: Margarida Munhoz da Rocha Ferreira da Costa e Ana Maria Munhoz da Rocha.

As duas homenageadas recebem flores das mãos do representante da Rocha Log, Helio Freire.

O governador do Estado do Paraná, Beto Richa.

O representante dos acionistas e diretoria da Rocha Log, Helio Freire.

Mestre de cerimônias: Chegamos ao final da nossa cerimônia. Em nome da Rocha Log agradeço a presença de todos. Parabéns à Rocha Log! Tenham uma excelente noite!

RochaLog 151 anos - Castelo Batel - Curitiba/PR - 26/06/2015

22:30 – Banda Helio Freire + Derico

23:15 – Banda Voice Box + Live Project

RochaLog 151 anos - Castelo Batel - Curitiba/PR - 26/06/2015

00:15 – Partcipação especial Zé Rodrigo

Na sala do café, na saída do Castelo, os convidados receberam a lembrança da festa.

RochaLog 151 anos - Castelo Batel - Curitiba/PR - 26/06/2015

FICHA TÉCNICA

PRODUÇÃO GERAL – Ad Infinitum
CELSO FREIRE – Gastronomia
DETALHES – Estruturas
PERFORMANCE – Sonorização, iluminação e projeção
GILSON CAMARGO – Fotografia
ARMAZÉM DE MÓVEIS – Mobiliário
CELSO CASAGRANDE – Mobiliário
TONY REIS – Instalação do guindaste cenográfico
GERATRANS – Instalação do gerador
PORTO À PORTO – Entrega das bebidas
PRODUSIGN – Instalação do Banner área externa
CHILFLOR – Vasos, flores e plantas
LE VOLEUR DE VELO – Montagem do bar
CERIMONIAL – Jackeline Dalabona
CAR PARK – Valet Park
CERBERUS – Segurança
MULTI 3 – Recepcionistas e vans

 

 

Em 28 de junho de 2015 por Gilson Camargo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *